jujubas sem culpa

things,things,things

Arquivo para a tag “mulheres do Irã”

Mulheres do Irã : a insatisfação tem cor , é Verde .

 

Zahara , esposa de Mousavi

Zahara , esposa de Mousavi

 

Zahra e os Balões Verdes  

” Zahra é de uma linhagem diferente da de seu marido , Mir Houssein Mousavi – candidato  “derrotado” nas últimas eleições do Irã. É uma guerreira por natureza, alguém capaz de esticar os limites ao máximo, de desafiar paradigmas. Numa sociedade não exatamente reconhecida pela igualdade de direitos entre homens e mulheres, Zahra ao longo dos anos se tornou uma das vozes mais influentes do Irã. Artista, reitora de faculdade, conselheira política do ex-presidente , Zahra  , lidera pelo exemplo. As jovens iranianas vêem nela a prova de que mulher nenhuma tem que se conformar com uma posição submissa em relação aos homens.

Suas armas no conflito que se trava nestes dias em Teerã são as mais perigosas : as palavras. Acabo de ver a página de Zahra no Facebook. Ali é seu quartel-general virtual, de onde saem instruções e manifestos que repercutem em todas as partes. “Ok”, está escrito. “Agora o mundo todo vai mostrar seu apoio aos iranianos.Na sexta-feira, todos soltaremos balões verdes  pelos céus para mostrar que agora TODAS AS PESSOAS DO MUNDO SÃO IRANIANAS. No 11 de setembro, todos éramos americanos, AGORA O MUNDO É IRANIANO.” Balões verdes, a cor que o aiatolá Khomenei diz que é o principal inimigo a ser combatido, podem ser paradoxalmente mais contundentes que balas como a que matou  Neda .” 

Do Blog  Diário do Centro do Mundo , do jornalista Paulo Nogueira  ( Londres/ 03 de setembro 2009 )

Os estoques de balões verdes já acabaram em Teerã e são vendidos de forma quase clandestina .Outra forma de protesto é o silêncio . Pessoas saem as ruas em completo silêncio. Nas notas de dinheiro também estão sendo escritas mensagens de liberdade e revolta. No artigo , Paulo Nogueira intitula Zahara como a “a Voz Feminina do Irã “. Talvez seja a mais conhecida, popular . Existem milhões de vozes  , mudas ou num silêncio perturbador que fazem , a seu modo , uma verdadeira revolução feminista .

Primeira mulher ministra do Irã : 03 de setembro de 2009 

A ginecologista Marzieh Vahid Dastjerdi se tornou hoje a primeira mulher ministra nos 30 anos de história da República Islâmica no Irã, ao conseguir o voto de confiança do Parlamento. A Câmara, no entanto, rejeitou as outras duas mulheres que aspiravam a outros ministérios: Fatemeh Arjelu, na pasta de Bem-estar Social, e Suzanne Kashravad, na de Educação

Mulheres do Irã :fatos 

O desemprego no Irã atinge 45% das mulheres e 25% dos homens

60% dos  estudantes universitários no Irã  são mulheres

As mulheres são proibidas de andar de moto . Uma montadora de carros iraniana tem um projeto de carro especial

só para as mulheres : um macaco que possibilita a troca de pneus sem tirar o xador .

Querem criar bicicletas especiais para que as mulheres “pedalem” completamente cobertas .

Mulheres só podem sair da cadeia, mesmo que liberadas , se algum homem da família for retirá-las.

.A cor da Revolta : verde          

LEIA TAMBÉM : MULHERES DO IRÃ , PARTE I- NEDA :https://zamziboom.wordpress.com/2009/09/03/mulheres-do-ira-parte-i/

MULHERES DO IRÃ; A REVOLTA DO XADOR :https://zamziboom.wordpress.com/2009/09/04/mulheres-do-ira-parte-iii/

  Lula foi ao Irã em 2010. Tente entender. Va lá :   https://zamziboom.wordpress.com/2010/05/17/o-que-o-lula-foi-fazer-no-ira/

Anúncios

Mulheres do Irã : parte III

Rezvan ,ativista iraniana

Sara

Global Voices – 03/06/2007

Cinquenta  ativistas do movimento pelo direito das mulheres foram presas em frente à Corte Revolucionária de Teerã. As forças de segurança policial atacaram uma mobilização pacífica  pelo direito das mulheres que acontecia por volta de 08:30 da manhã , em  frente ao prédio público em protesto à recente repressão governamental e indiciamento de algumas das ativistas. As forças policiais usaram violência para dispersar a multidão, e prenderam pelo menos 21 manifestantes. Nooshin Amhadi Khorasani, Parvin Ardalan, Shahla Entesari e Susan Tahmasebi — 5 destacadas membros do movimento pelo direito das mulheres —  tiveram que comparecer a audiência na corte e saíram do prédio em socorro a suas colegas ativistas, mas também foram detidas após deixarem a audiência.

G1/2007

A polícia e o exército iranianos prenderam cerca de 300 mulheres por roupas inapropriadas e deram um ultimato a cerca de 3.500 outras nos últimos dois dias em Teerã, capital do país. A ordem da polícia é deter as iranianas que se vestem ao “estilo ocidental” ou que não usam o véu islâmico obrigatório no país. Enfim, está proibido o uso de calças curtas ou saias justas e curtas, assim como os lenços pequenos que deixam de fora parte do cabelo da mulher.O denominado “plano para a luta contra o mau véu” foi aplicado no passado, mas só durante os meses de verão, nos quais o insuportável calor obrigava as mulheres a tirar de forma parcial o véu ou o “xador”, vestimenta que cobre todo o corpo da mulher, da cabeça até os pés. 

                                                       As mulheres presas só foram  soltas depois que um homem da família (pai ou irmão) foi  até a delegacia e obrigou-as  usar as vestimentas tidas como certas pelo regime.

 policial (esquerda) prende mulheres vestidas inadequadamente em Teerã

policial a esquerda , prende mulheres que estão vestidas "inadequadamente" em Teerã

 

LEIA MAIS SOBRE A VIDA DAS MULHERES NO IRÃ :

PARTE I :A HISTÓRIA DE NEDA : https://zamziboom.wordpress.com/2009/09/03/mulheres-do-ira-parte-i/

PARTE II :A ESPOSA DE MOUSAVI :https://zamziboom.wordpress.com/2009/09/04/mulheres-do-ira-a-insatisfacao-tem-cor-e-verde/

E VEJA O QUE LULA ESTÁ FOI FAZER  NO IRà EM MAIO DE  2010  :https://zamziboom.wordpress.com/2010/05/17/o-que-o-lula-foi-fazer-no-ira/

Mulheres do Irã parte I

Mulheres do Irã : Neda

 a estudante Neda , 26 anos , morta com um tiro no rosto durante protesto em Teerãa estudante Neda , 26 anos , morta com um tiro no rosto durante protesto em Teerãa estudante Neda , 26 anos , morta com um tiro no rosto durante protesto em Teerãa estudante Neda , 26 anos , morta com um tiro no rosto durante protesto em Teerãa estudante Neda , 26 anos , morta com um tiro no rosto durante protesto em Teerãa estudante Neda , 26 anos , morta com um tiro no rosto durante protesto em Teerã  

20 de junho de 2009 : o fato    

Neda, uma estudante  26 anos, foi baleada no dia 20 de junho quando simpatizantes do candidato derrotado Mirhossein Mousavi entraram em confronto com a polícia e com integrantes da milícia Basji em Teerã. As imagens da morte dela foram amplamente divulgadas na Internet. A mídia estatal  culpa os “terroristas” e os “vândalos” pela violência. Mousavi afirma que a eleição foi fraudada para beneficiar Ahmadinejad e pede a anulação do pleito. As autoridades rejeitam a acusação  

28 de junho de 2009 : Revolta do Xador- protesto contra a morte da ativista Neda 

Manifestantes iranianas vestem verde, a cor da oposição: a luta é também pela igualdade de direitos para as mulheresOs protestos no Irã ganharam um rosto: o de Neda Agha Soltan, a bela iraniana assassinada por um bassiji, membro da milícia islâmica ligada ao presidente Mahmoud Ahmadinejad.Vestida de jeans e com os cabelos cobertos, como manda a lei da república islâmica, a jovem estudante de filosofia de 26 anos levou um tiro no peito, disparado à queima-roupa. Em poucos segundos, seu rosto estava coberto pelo sangue que jorrou da boca e do nariz. “Pressionei a ferida para tentar estancar o sangramento, mas não consegui. Ela morreu em menos de um minuto”, disse o médico que tentou socorrê-la no local.A morte de Neda foi registrada em vídeo por celular. Colocadas na internet, as imagens circularam no globo, expondo o horror nas ruas de Teerã. “Qualquer um que tenha assistido a esse vídeo percebe que há algo fundamentalmente injusto ali”, disse o presidente americano, Barack Obama.Para evitar que o funeral se tornasse o epicentro de uma rebelião, o governo iraniano providenciou o enterro de Neda às pressas e proibiu sua família de falar com a imprensa.

fontes :G1, BBC, UOL

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: